O site da Cabral Moncada Leilões utiliza Cookies para proporcionar aos seus utilizadores uma maior rapidez e a personalização do serviço prestado. Ao navegar no site estará a consentir a utilização dos Cookies.Saiba mais sobre o uso de cookies
Leilão Online 450 Anos de Manuscritos e Autógrafos (1501-1950)
Inicia 5 de Março de 2019 às 12h00
Encerra 11 de Março a partir das 21h00

ATENÇÃO - Encerramento adiado para dia 13 de Março a partir das 21h00

Informações sobre o Termo do leilão
A licitação dos lotes encerrará, progressiva e sequencialmente, com intervalos de 15 segundos entre cada lote, a partir da hora prevista para o termo do leilão.
Todavia, nos casos em que seja recebida uma ordem de compra (licitação) para determinado lote até três minutos antes da hora do termo do leilão, a “Cabral Moncada Leilões” prolongará automaticamente a licitação desse lote durante mais três minutos, contados a partir da hora de apresentação da última ordem de compra (licitação); e assim sucessivamente. O encerramento da licitação de cada lote em concreto estará indicado junto ao mesmo.

O prolongamento da hora de encerramento da licitação de qualquer lote não afectará a dos lotes seguintes, o que poderá resultar no encerramento dos mesmos fora da sua ordem numérica.

chevron_leftLote 20 chevron_right

FILIPE II (Ordem de Cristo).- Carta régia.- Século XVII (1619)

1/2

euro_symbol€ 100Valor base

doneMar 13, 2019 9:08:34 PMTerminado em

gavel€ 140Vendido


  • Título / DesignaçãoFILIPE II (Ordem de Cristo).- Carta régia.- Século XVII (1619)
  • DescriçãoFILIPE II (Ordem de Cristo).- Carta régia.- Século XVII (1619).- 2 f.; 30 cm. Carta missiva, pela qual Filipe II, na qualidade de perpétuo administrador do Mestrado, Cavalaria e Ordem de Cristo, nomeia Frei Pedro Sanches Farinha para o lugar de capelão geral do Convento de Tomar “...no qual me hei de achar presente em seis de outubro do mes que vem do presente anno, pelo que vos mando que no tal dia vos acheis no dito Convento com vosso manto branco...”. Documento (bifólio) datado de Lisboa, 13 de Setembro de 1613. Assinatura autógrafa: Rey. Pequena falha de suporte na margem superior, afectando as três primeiras palavras da primeira linha. Conserva o selo de chapa. Proveniência: Colecção Manuel Empis de Lucena.

Mensagem